sábado, 16 de maio de 2009

Deveria existir uma palavra entre o bem e o mal. Final

Mas o que tudo isso tem a ver com bem e mal?
Eu não sei por que fazemos assim. Não sei o que nos impede de contemplar um caminho do meio.
Da mesma maneira como fomos rachando ao meio os valores da nossa cultura, parecemos ter deixado rachar também nosso olhar e nossas experiências. Não dá mais!
É preciso, em meio ao turbilhão um instante de recolhimento. É preciso recobrar a coexistência de nós em nós mesmos e seguir adiante.
Há, entre o bem e o mal um caminho inteiro a ser descoberto...

3 comentários:

Márcia disse...

Thaís, a sua produção está muito boa. Tem sido uma delícia acompanhar seus movimentos reflexivos. Dê uma espiadinha na lista de assuntos que coloquei em meu blog e veja se não há algum sobre o qual você não falou. Quem sabe você não se motiva a escrever mais?
Beijinho, Márcia.

Luciana Leardini disse...

Thais, talvez a palavra entre o bem e o mal seja "possibilidades". Há inúmeras possibilidades entre o bem e o mal... ninguém é uma só destas coisas, não se consegue fazer o bem o tempo todo. É preciso saber caminhar entre estes dois opostos. Eles se completam... um não existe sem o outro!

ortiz disse...

Como assim? Isso existe há quanto tempo???? Nem tava sabendo disso aqui. Confesso, estou impressionado!
Partindo do principio que o processo é muito mais interessante que o resultado, entendo que o "gap" entre o bem e o mal é o X da questão, o equilibrio. Mas como não sou equilibrado e escondo o mal que existe em mim, digo: Saudades da porra de você!!!!Sofrendo. Almoço esse fim porfa!!!

Bjs maiores que eu